A logo marca do Green Hostel Ilhabela é esse simpático mochileiro mais conhecido como papa-vento (Enyalius iheringii), um dos lagartos comuns do estado de São Paulo e residente de Ilhabela. Eleito o novo mascote do Green Hostel Ilhabela por ser um dos guardiões da nossa floresta.

Particularmente, o lagarto tem um significado de vida abundante e resistência, pois conseguem viver em muitos lugares distintos e mesmo assim estão sempre sobre as pedras tomando sol e sempre alerta.

Em outras culturas o lagarto também simboliza amizade, benevolência e razão, características necessárias para conviver alegremente e descontraído no dia a dia do Green Hostel Ilhabela.

 

Esta criatura tem a capacidade de se expor imóvel e prolongadamente ao sol, simbolizando um êxtase contemplativo e superioridade diante de outros terrestres. Na bíblia, o lagarto é citado como o sábio entre os sábios.

 

Entretanto, o lagarto também simboliza humildade, profundidade, busca de luz e evolução espiritual. O lagarto também passa por muitas mudanças ao longo da sua vida, representando um processo evolutivo natural, que faz parte da vida de todos nós.

 

Todos os anos, o lagarto troca de pele, mas sob a grossa couraça que vai se formando ao longo da vida do lagarto, como um mecanismo de auto-proteção do seu corpo, esta é a sua essência, que não muda.

 

Assim, também somos nós. Nesta medida, o lagarto simboliza proteção e renovação.

A origem do nome "Green Hostel Ilhabela" é a razão de uma brincadeira que rolava na república que o Gabriel – fundador do hostel – morou em São Paulo, que chamava-se Green House.

Depois que o Gabriel decidiu sair de São Paulo para morar em Ilhabela e abrir seu próprio hostel, o primeiro nome que seus amigos e ex parceiros de república indicaram foi Green Hostel Ilhabela.

 

E como o nome remete à natureza e sustentabilidade, Green Hostel Ilhabela foi o nome de batismo desse lugar que hoje é considerado um dos melhores hostels da ilha, recebendo por duas vezes consecutivas o título de "Excelência de Qualidade" (2017 - 2018) do TripAdvisor.

Porque Ilhabela?

Segundo o Gabriel, desde pequeno ele sentia essa atração pela ilha sempre que passava férias em Caraguatatuba onde seu pai sempre viajava com a família para curtir o verão.

 

Ele não gostava muito de Caraguatatuba, achava muito urbano, caótico, com muita gente, e de lá olhava Ilhabela e sempre pedia ao seu pai pra levá-lo um dia. Imaginava que alí era o paraíso.

 

Mas foram apenas duas vezes que seu pai atendeu aos seus pedidos quando ele era criança. Depois que ele atingiu sua independência e começou a viajar por conta própria, muitas vezes para Ilhabela, com isso suas afinidades só aumentavam e cada dia tinha mais certeza que era alí que um dia ele iria morar.

Então quando surgiu a oportunidade de criar seu hostel, não houve dúvidas de onde seria.

A importância do Hostel, ao invés de Hotel ou Pousada

O conceito de hostel surgiu para quebrar paradigmas no turismo e torná-lo mais acessível para pessoas de qualquer classe e raça. Porque hospedar-se em um hostel é sinônimo de economia e aprendizado. Pois você estará dividindo quarto com pessoas que você nunca viu nada sua vida.

Algumas pessoas podem acreditar que exite um certo perigo de estar junto à pessoas que nunca viu na vida. Mas será que isolar-se por medo é realmente a solução ideal para tornar o mundo mais seguro?

O espírito de um hostel é: 

  • união

  • economia

  • envolvimento multicultural

  • conhecer pessoas diferentes de toda parte do mundo

Quando você pisa em um hostel pela primeira vez e observa que todos são tratados com igualdade, isso derruba as máscaras. Além disso, essa proximidade possibilita que as pessoas conheçam e respeitem o próximo.

 

Quer algo mais rico que isso?

O que motivou a criação do Green Hostel Ilhabela

A insatisfação do Gabriel foi o principal agente da decisão de largar a vida convencional e empreender com seu próprio hostel.

 

Antes, ele trabalhava em um dos maiores bancos nacionais, tinha um excelente salário, era reconhecido profissionalmente, trabalhava com tecnologias de ponta, mas sentia que estava desperdiçando sua vida.

 

Ele passava muito tempo na frente do computador sem sentir o sol transitar sobre sua cabeça, em uma metrópole cinzenta e frenética, fazendo um trabalho cujo resultado só contribuía para aumentar o abismo social que existe entre ele e as pessoas, um trabalho que não havia de fato consequência positiva.

Foi aí então que as coisas começaram a mudar...

 

No início ele não sabia que gerenciar um hostel era o que ele gostaria de fazer. Mas primeiro ele soube o que ele não gostaria, que era continuar vivendo como vivia.

 

Ele queria mudar de vida, mudar para um lugar em meio à natureza e onde as pessoas não pensassem somente em trabalho e dinheiro, mas que soubessem de fato aproveitar as belezas dessa vida.

 

Quando ele foi demitido pelo banco por sua queda de produtividade, que só depois foi entender que era seu inconsciente dizendo que já era hora de seguir outro caminho.

 

Então chegou o momento da decisão!

Ele decidiu colocar suas coisas na mochila e começar viajar. Passou 3 meses e meio viajando entre hostels e campings. Durante sua jornada surgiu a paixão pelo hostel, e ali nasceu em sua mente a primeira ideia que hoje tornou-se o Green Hostel Ilhabela

  • Green Hostel Ilhabela
  • Green Hostel Ilhabela

Todos os Direitos Reservados © 2018

Green Hostel Ilhabela - Rua Luiz Ameixeiro, 181 - Perequê, Ilhabela - SP

Logo_cores_RGB.png